Aliados

domingo, 8 de maio de 2011

Costurinhas

Dona Bel, entre tantas outras qualidades, é uma costureira de mão cheia. Quisera eu ter a metade do capricho  do acabamento de tudo que ela faz! Dedicação e amor, são os temperos mais utilizado no seu cantinho do fazer. Lá, ela cria seus mimos. É lá também que ela recria e se inspira nas necessidades das clientes amigas. Ponto-a-ponto construindo vínculos com pessoas e com as peças terminadas.

Minha mãe, há mais ou menos 1 ano, me deu uma de suas máquinas de costuras. Lindinha, velhinha, mas com um ponto impecável. Uma relíquia. Levei-a para casa. E agora vou seguir o passo-a-passo da profe mãe. Fiz até um vídeo, na época, para não esquecer de colocar a linha na agulha. Ainda bem que o fiz!




Hoje decidi fazer acontecer aqui na Chico Belmiro. Fui no "Armarinho"  comprei logo 6 agulhas de máquina e, determinada toda, fiz a cortina da cozinha. Confesso que na hora de cortar o tecido tive um friozinho na barriga.
Resultado:  tirando o detalhe do acabamento, que não poderia ter ficado perfeito... Ficou ... Quase bom!
Não sei fazer, mas sei o que é um bom acabamento. Tive bons exemplos.


Muito obrigada Mãe! Quando eu costurar quero ser como você!

Vanessa
Eutimia

2 comentários:

ZUMBISCO disse...

Minha familia quase inteira por parte de mãe são costureiras, pena que ninguem quis seguir o legado. Tambem costuram com muito esmero. Feliz dias das mães para sua mãe :)

obrigado por comentar no meu, seguindo.

AssiZ AndradeS disse...

QUe lindo!!!
belíssima homenagem.
Aliás, toda homenagem para as mães é pouco.

Abçs!!!